sábado, 10 de abril de 2010

APENAS UM TOQUE

APENAS UM TOQUE

Ora, não culpes a chuva por molhar a terra!
Nem o morro despido, pelo desmoronamento...

Os pingos do céu só não lavam o desgoverno!
No mais, lavam e promovem a vida no seio do solo
E abastecem de vida os leitos dos rios:
Verdadeiras artérias da mãe Terra.

Ora, não blasfemes!
Olhai os animais, que durante a tempestade,
Abaixam as cabeças em respeito...

Feliz o homem que tem a humildade de aprender
O que um animal tem para ensinar.

ISAÍAS RODRIGUES DE OLIVEIRA – 10/04/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu, desde já agradeço a você, nobre amigo(a), pela presença aqui. Fique à vontade quanto ao seu comentário.